Filme: Tinha que Ser Você


Uma das minhas últimas postagens - para ser mais precisa: o meu texto Voar - teve direito a uma música de fundo. Uhul! Inovando o blog, em Ana? haha. Pois é! E a música é linda - pelo menos na minha opinião. Ok, ok, a música é muito bela, mas o que isso tem a ver com este filme "Tinha que Ser Você" dessa postagem? A resposta é muito simples: a música faz parte da trilha sonora deste filme. Simples, não é? 

Foi na última segunda (dia 23), férias, nada pra fazer e fuçando a TV, eu achei esse filme e resolvi assistir, pelo fato de eu AMAR romances. O filme eu achei muito legal, nele nós vemos que o amor acontece nos lugares onde menos esperamos, no momento em que menos esperamos, com as pessoas que menos esperamos e para completar, com a idade que menos esperamos. Traduzindo, o amor é incontrolável.

O filme recebeu 2 indicações ao Globo de Ouro, nas categorias de Melhor Ator - Comédia/Musical e Melhor Atriz - Comédia/Musical. E tem a participação de duas estrelas que você, com toda a certeza, conhece: Dustin Hoffman de A Loja Mágica de Brinquedo,  Perfume - A história de um assassino, O amor não tira férias e muitos outros. E a Emma Thompson de Nanny McPhee - A Babá Encantada, Simplesmente amor, Razão e Sensibilidade, entre outros. Sinopse do filme:

Tinha que ser você (2008)
Harvey Shine (Dustin Hoffman) é um compositor de jingles que está com o emprego em risco. Marvin (Richard Schiff), seu chefe, o alertou de que terá apenas mais uma chance. Em um fim de semana ele viaja a Londres para acompanhar o casamento de Susan (Liane Balaban), sua filha, mas precisa estar de volta a Nova York na segunda, devido a uma reunião importante. Ao chegar Harvey descobre que Susan escolheu Brian (James Brolin), seu padrasto, para levá-la ao altar. Aborrecido, Harvey decide deixar o casamento antes da recepção e parte para o aeroporto, mas perde o vôo. Com isso ele é demitido por Marvin, o que o leva até um bar para afogar as mágoas. É lá que conhece Kate (Emma Thompson), uma funcionária do Departamento de Estatísticas Nacionais que se sensibiliza por ele. (Fonte: Adoro Cinema)
 
Recomendo para vocês assistirem se você é uma pessoa sensível e quer mais uma esperança para a sua vida amorosa (essa última é brincadeira hehe, mentira, não é brincadeira não). Até a próxima,

Ana Cristina

0 comentários:

Postar um comentário