Voar





Aperte play e leia. ;)


Você já pensou como seria voar? Talvez você já tenha viajado de avião e está no momento lembrando-se do voo. Mas não é disso que estou falando, não desse tipo de voo. Estou falando de voar,  voar de verdade: dar um salto e subir, ir para o longe. Correr, bater suas asas e subir. É disso que estou falando! De voar, como os passarinhos do seu jardim. Seria tão útil a gente saber voar. Seria ótimo para pensar. Seria uma grande e maravilhosa... maravilha!

Se eu pudesse voar, voaria pelas nuvens sentindo o vento em meu rosto, iria dar cambalhotas, sorrir para o vento; sorrir para a vida. Eu iria subir, subir e subir e ignorar o medo. Veria as coisas pelo alto, as cidades, os mares, os campos. Eu iria voar com os pássaros, sentir a liberdade e não a pressa. Se eu voasse, seria uma chance de fugir da correria do nosso dia-a-dia. Voe. Apenas voe e tudo estará resolvido: sem trânsito, sem stress.

Vento bagunçando meus cabelos, o friozinho em meu rosto, a grande distância dos meus pés do chão... Isso não importará: eu estaria sentindo o que é viver. OH!, como seria bom voar. Não importa se eu fosse - do ponto de vista de quem está no chão - algo insignificante, mas, eu seria como uma pluma no céu azul, seria leve e iria plainar pelo ar, deixaria todos os pensamentos, as lembranças ruins, as mágoas, tudo de pesado da vida, para trás e voaria. Seria uma boa terapia...

E essa é que seria a minha vida: voar, libertar e viajar sem preocupar. Você já pensou como seria voar?

Ana Cristina

0 comentários:

Postar um comentário