Por um momento, pensei que seria diferente...


Juro que pensei que essa história seria diferente, mas ela está sendo como todas as outras histórias e pelo que parece o final também será igual: eu aqui e você lá. Quando isso irá mudar? Quando tudo dará certo? Acho que irei sentar e esperar. Esperar o final dessa nossa nova história, nova, mas ao mesmo tempo, velha. Nova porque está sendo com você. E, velha, porque o desfecho está sendo igual a todas as minhas tristes histórias do amor. Lágrimas, lágrimas e mais lágrimas é assim que todas elas terminam. Mas porque, cabeça minha, fui pensar que dessa vez tudo seria diferente? POR QUÊ? Por que você me tratou diferente?! Por que eu estava mais feliz ou, por que fizemos juras de amor eterno? Por quê? Por quê? POR QUÊ? Alguém pode me dizer, alguém pode me explicar? Ok, irei parar de escrever, enxugar essas malditas lágrimas, sentar e esperar, como já disse. Esperar que esse final chegue logo, esperar outra pessoa aparecer e fechar o vazio dentro de mim e depois abrir outro no lugar. Esperar e ver quando tudo dará certo. Esperar para ver quando o “eu e você” se tornará “nós”. 

Ana Cristina Rocha

1 comentários: